Acabamentos de qualidade aumentam o valor e a durabilidade de um imóvel

Acabamentos de qualidade aumentam o valor e a durabilidade de um imóvel

A fase de acabamento é uma das mais esperadas, já que é por meio da instalação dos pisos, revestimentos, louças, metais e esquadrias é que um projeto finalmente começa a tomar forma. A expectativa é ainda maior quando se trata da construção da casa dos sonhos, aquela que vai fazer com que o aluguel fique, definitivamente, para trás. Mas, como equilibrar a vontade de ter produtos da mais alta qualidade e que vai valorizar ainda mais o imóvel com um orçamento que não pode ser estourado? A resposta está em seis dicas simples da equipe da Nótt Engenharia. Confira:

 

  1. Faça o planejamento e conte com os serviços de uma empresa especializada

Se todas as etapas da obra foram rigorosamente controladas, no acabamento, este controle deve ser ainda maior. Fazer um planejamento completo de todas as etapas da obra, acarreta otimização das mesmas, que podem vir a calhar durante a etapa de acabamento. Outro ponto importante é fazer checklists que vão ajudar a perceber o progresso das etapas e a identificar o que ainda falta ser comprado. Além disso, por ser uma fase delicada e dispendiosa, é fundamental contar com uma empresa especializada, como a Nótt Engenharia, ou um gestor de obra que possa fazer todo o acompanhamento de modo a seguir todos os detalhes descritos no projeto.

 

  1. Pesquise

Você sabia que mais da metade do montante de uma obra é gasto no acabamento e que os preços costumam variar muito de uma loja para outra? Pesquise ofertas, barganhe e, se possível, compre em lojas que costumam cobrir ofertas dos concorrentes.

 

  1. Comece comprando o essencial

Os primeiros acabamentos a serem adquiridos devem ser os pisos e revestimentos. Isto porque estes são os itens que sofrem mais desgastes e devem ser de excelente qualidade e adequados aos espaços. Além disso, leve em consideração se você passará a vida inteira no imóvel e instale barras e pisos antiderrapantes de uma vez para que isso não seja feito posteriormente.

 

  1. Evite as ciladas dos modismos

A construção, assim como a moda, está em constante evolução e também podem surgir opções diferentes e muito inusitadas. No entanto, dê preferência a acabamentos com cores e estilos mais neutros e atemporais que são mais fáceis de compor com os diferentes elementos da decoração.

 

  1. Prefira materiais de qualidade e duráveis

Adquirir materiais duráveis é fundamental. Desta forma, não será necessário fazer uma troca ou reposição a curto ou médio prazos.

 

 

 

  1. Tenha peças de reposição

Especialmente no caso de pisos e azulejos, pode haver casos de quebra, trincas e outros acidentes quando os revestimentos já estiverem instalados e depois de um tempo que o imóvel esteja ocupado. Para evitar transtornos, mantenha sempre uma ou mais peças de reposição de cada revestimento utilizado. Desta forma, em casos de acidentes, isso facilitará a troca da peça e também evitará a corrida a “cemitérios” de azulejos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *